Grupo Murad em decadência de votos em Coroatá, veja os números

Grupo Murad está próximo de mais uma derrota em Coroatá, os aprendizes de mãe Diná que afirma nos quatro cantos que Murad vai ganhar a eleição precisam conferir os números das últimas eleições em Coroatá.

Em 2012 quando estava no poder mandando no estado, Murad conseguiu eleger Teresa Murad que tirou 16.314 votos, fazendo a conta e subtraindo os votos de Teresa com os 10.200 votos de Ricardo Murad que foi não foi eleito para deputado federal, os números mostram que o grupo Murad perderam 6.114 votos de 2012 para 2018 em Coroatá.

A situação dos votos perdidos está alem da casa dos 4 mil votos quando comparamos os resultados dos votos da filha de Murad, a votação de Andrea Murad em 2014 registrou nas urnas 13.318 votos, fazendo conta e subtraindo os 8.740 votos de 2018, Andrea perdeu 4.578 votos em Coroatá de 2014 para 2018.

O fato mais curioso ocorreu em 2012 quando Teresa Murad conseguiu se eleger com uma abstenção histórica, o número de pessoas que não votaram chegou a incrível marca de 12.060(26,60%) eleitores. Na época foi encontrado títulos e documentos retidos na casa de diversas pessoas ligadas ao Grupo Murad.

Em 2016 com o apoio da justiça para coibir a compra de votos e retenção de documentos os números chegaram à marca de 3.585 (9,49%) eleitores que não compareceram nas urnas em 2016. A força tarefa da justiça junto com a população evitou em 2016 a velha tática da compra de votos e retenção de documentos praticados em 2012.

A decadência do grupo Murad é uma realidade comprovada nas urnas nos últimos anos, prova disso foi último resultado nas urnas onde Murad tirou menos votos que a esposa, perdendo 6.114 votos, veja a tabela abaixo: