O jornal O Estado do Maranhão foi obrigado pela justiça a desfazer as fake news da semana passada dando conta de que Flávio Dino estaria inelegível. Sob risco de pegar multa de R$ 100 mil caso continuasse com a farsa, o pasquim de José Sarney repôs a verdade e confirmou a candidatura à reeleição do governador.

Veja o direito de resposta que o jornal foi obrigado a publicar após tentar enganar a população maranhense com a fake news de que Flávio Dino estaria inelegível, depois da decisão da juíza de Coroatá, Anelise Reginato.

Por meio de decisão judicial, a Coligação Todos pelo Maranhão vem a este espaço confirmar a candidatura de Flávio Dino à reeleição, erroneamente negada por este jornal.

Com mais de 30 anos de vida pública, Flávio Dino nunca foi processado e tem a ficha limpa. Esta decisão vinda de uma juíza de Coroatá, em um caso de eleição municipal, não impede sua candidatura.

Dino e Carlos Brandão, seu candidato a vice, estão devidamente inscritos para debater propostas em favor da justiça social e do desenvolvimento do Maranhão. Da mesma forma, a candidatura de Márcio Jerry a deputado federal está garantida.

A coligação Todos pelo Maranhão reafirma a seriedade, a honestidade e o trabalho sério de Flávio Dino como juiz, deputado e governador.

A Democracia garante e exige que os mandatários submetam-se ao voto popular, livre e secreto, jamais submetendo-se a manobras que somente tumultuam o processo democrático.

Coligação Todos pelo Maranhão