Jorge Vieira: O principal jornal do país, a Folha de S.Paulo, publica uma análise nesta terça-feira (31) mostrando que muitos políticos tentam enganar o eleitor ao dizer que apoiam o ex-presidente Lula e sempre estiveram ao seu lado. Entre os citados, está a família Sarney.

A análise do colunista Bruno Boghossian diz que “o clã Sarney finge que o dedo do patriarca não deslizou na urna eletrônica em 2014 para dar um voto a Aécio Neves (PSDB)”. Ele se refere à imagem mostrando que José Sarney votou no tucano na última eleição presidencial, apesar de ter dito publicamente que votaria na candidata de Lula, Dilma Rousseff.

O jornal acrescenta que “Roseana, que tenta voltar ao governo do Maranhão, discursou no domingo (29) como se a família não tivesse conspirado pelo impeachment e instalado um ministro no governo Temer”.

O colunista se refere à convenção na qual Roseana Sarney tentou colar sua imagem à de Lula, mesmo tendo sido uma das estrategistas do impeachment de Dilma, que acabou levando o petista à prisão.