Distante cerca de 150 km de São Luís via ferry boat, a cidade de Presidente Sarney carrega o nome de um político maranhense que passou por todos os cargos no país. O município carrega também a marca de uma oligarquia que jamais se importou investir na educação do Maranhão.

Pela primeira vez na história, Presidente Sarney recebeu um prédio próprio de ensino médio, construído pelo governador Flávio Dino. O nome da escola que vai atender 750 alunos não poderia ter sido mais apropriado: Centro de Ensino Dr. Jackson Lago. A construção atende a uma demanda de décadas da população local.

A escola representa não só um futuro melhor para os estudantes do município, mas também o descaso com que a oligarquia Sarney – que mandou no Maranhão durante 50 anos – tratou a educação em todo esse tempo.

Mesmo carregando o nome do patriarca da oligarquia e o cargo mais alto que ele já chegou na política, Presidente Sarney jamais foi vista pelo clã. Precisou Flávio Dino, já nacionalmente conhecido como governador da educação, assumir o governo para que a demanda histórica dos estudantes da cidade fosse atendida.

O primeiro prédio próprio de ensino médio de Presidente Sarney revela o Maranhão do passado atrasado e o Maranhão do futuro promissor por meio da educação.