A cultura popular pirapemense brilha na vila junina da cidade de Coroatá. A companhia de arte e dança Diamante, uma das mais fortes expressões culturais da cidade de Pirapemas, abrilhantou na noite de ontem, dia 26 de junho a Vila Junina da cidade de Coroatá.

Com articulação do empresário da comunicação local, Neto Jhones, apoio da prefeitura de Coroatá e da Secretaria de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer, mais de 50 jovens pirapemenses mostraram o resultado de meses de trabalho em uma belíssima apresentação.

Segundo Neto Jhones, é inegável a competência que esses jovens têm em produzir cultura, por conta disso ressaltou junto à Cici Almeida, Secretário de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer a importância da integração do trabalho desses jovens junto à cidade de Coroatá.

Como resultado dessa conversa, sobretudo do apoio do Prefeito Luís da Amovelar Filho, tanto a cultura popular pirapemense, como a companhia de arte e dança Diamante pode alegrar – se pois o convite de abrir e fechar a vila junina 2018 da cidade de Coroatá já é um compromisso firmado entre Neto Jhones, Cici Almeida e grupo Diamante.